5 coisas que você jamais ouvirá de um especialista em dinheiro

Para grande parte das pessoas, o sucesso financeiro só pode ser obtido através de uma combinação de trabalho duro e disciplina. Embora o privilégio de ter nascido em um “berço de ouro” possa ser levado em consideração em alguns casos, saber o que fazer com a sua fonte de renda pode ter uma enorme influência no seu bem-estar financeiro a longo prazo. 

Se você está procurando maneiras de reduzir suas contas, cortar gastos do seu orçamento ou apenas quer alguns truques de dinheiro para economizar dinheiro, nós separamos algumas dicas para você implementar no dia a dia. Veja só cinco coisas que você jamais ouvirá um especialista em dinheiro dizer!

1. “É impossível economizar quando se tem filhos”

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Mesmo que ter filhos dentro de casa signifique novas despesas surgindo o tempo todo — seja colégio, médico ou mantimentos —, isso não significa que você deva parar de tentar economizar dinheiro. Ser pai ou mãe, inclusive, é mais um motivo para você acumular uma boa poupança para o futuro.

Fornecer segurança financeira para seus filhos pode significar economizar para emergências, aposentadoria, faculdade e contas inesperadas de saúde. Portanto, pare para pensar quais áreas da sua vida você está desperdiçando dinheiro sem saber.

2. “Nunca use cartão de crédito”

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Você já deve ter conhecido alguém na sua vida que recomenda evitar o uso de cartões de crédito para favorecer o cartão de débito. No entanto, muitos profissionais financeiros acreditam que essa postura está equivocada e existem alguns bons motivos para isso.

Alguns cartões de crédito oferecem pontos de benefício, cashback, proteção contra fraudes, garantia estendida e muito mais. Porém, é preciso usá-lo com sabedoria e nunca gastar mais do que você tem na conta. Dessa forma, você não terá dívidas acumuladas e ainda poderá aproveitar certas vantagens.

3. “Toda dívida é ruim”

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Acumular dívidas com juros altos pode realmente comprometer por completo todo o seu orçamento familiar. No entanto, nem todas as dívidas são iguais e há momentos que realizar um empréstimo pode ser uma jogada financeira muito inteligente para longo prazo.

Se pagamos uma dívida antiga com juros alto por meio de um empréstimo com juros menores, estaremos simplesmente contraindo uma nova dívida, porém com menos danos futuros. Dessa forma, esse empréstimo irá te ajudar a manter sua saúde financeira em dia.

4. “As finanças são iguais para todos”

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Um dos maiores erros que você pode cometer na sua vida é acreditar que precisa levar sua vida financeira da mesma forma que todas as outras pessoas. No fim das contas, as finanças de duas pessoas diferentes jamais será igual e entender que sua situação é única pode ajudar muito a proteger sua saúde financeira e mental. 

Um plano financeiro deve refletir sua realidade e as coisas que acontecem na sua vida. Evitar comparações com outras pessoas é a melhor maneira de não entrar em um buraco desnecessário.

5. “Eu tenho dinheiro, então por que não gastá-lo?”

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Não há nenhum problema em querer se recompensar quando se obtém uma renda extra, mas os especialistas em dinheiro sabem que gastos descuidados ou desnecessários podem se transformar em uma tendência autodestrutiva contínua. Antes de ir às compras, questione-se se aquele produto realmente causará um impacto relevante na sua vida.

Portanto, não é só porque você tem dinheiro sobrando que você precisará utilizá-lo de uma só vez. Quando paramos para notar, várias comprinhas irrelevantes se tornaram uma enorme bola de neve autodestrutiva.

More in Fatos&Fatos.com